quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Não vamos desejar mal as outras pessoas.


Tem um velho ditado que diz: -“Colhemos o que plantamos”... E essa é a mais pura verdade. Tudo o que fazemos, o que desejamos é o que vai retornar a nós no futuro, e na vida passamos por muitas coisas, umas boas, outras ruins, por muitas vezes fazemos o bem e recebemos o mal.
A primeira coisa que pensamos é retribuir na mesma moeda, é fazer a mesma coisa, ou seja, a famosa Lei de Talião, do latim Lex talionis, no popular olho por olho, dente por dente. Mas temos que compreender que isso não vai nos levar a nada, somente vai deixar em nós marcas de tristeza e vazio.
Jesus nos ensinou a retribuir o mal com o bem, nos ensinou a ter pena daquelas pessoas que praticam o mal, se nos fizeram algum mal, vamos afastar essa pessoa da nossa vida e deixar na mão de Deus, ele é o Juiz mais justo, e lembre-se que Deus pune até a nossa quinta geração.
Não vamos mudar o rumo da nossa caminhada por coisas que fizeram contra nós, somos maior do que isso, temos um Deus maior do que todo mal, vamos continuar ajudando a quem precisa, vamos fazer o bem, porque isso só irá acrescentar pontos no nosso progresso espiritual.
Vamos plantar no nosso jardim coisas boas, talvez não vamos ter tempo de colher, mais nossos filhos e netos irão se beneficiar de tudo de bom que conseguimos plantar. A felicidade está em fazer o bem, a quem quer que seja e Deus se alegra quando permitimos doar o melhor de nós a nossos irmãos.
Toda vez que alguém nos fizer mal, vamos desejar a ele o bem, pois ninguém é feliz desejando coisas ruins pra outras pessoas, vamos ser feliz, vamos simplesmente viver a nossa vida.


Neisson Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário